Anucios

quarta-feira, 2 de outubro de 2019

Gilmar ataca novamente e diz que Moro e Dallagnol cometeram crime de "tortura"Ataques desenfreados de Gilmar Mendes à Lava Jato parecem ir além da esfera judicial

Ataques desenfreados de Gilmar Mendes à Lava Jato parecem ir além da esfera judicial. Reprodução: Google
O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), voltou a criticar a Operação Lava Jato, nesta quarta-feira (02/10/2019), durante a sessão plenária. Segundo o magistrado, a força tarefa precisa “calçar as sandálias da humildade”.
“O resumo da ópera é que você não pode resolver o crime cometendo um crime. Ninguém pode se achar o ó do borogodó. Calcem as sandálias da humildade”, disparou o ministro.Para Gilmar Mendes, o Brasil viveu “uma época de trevas no que diz respeito ao processo penal”. O ministro afirmou que o ex-juiz federal Sergio Moro e o coordenador da Lava Jato em Curitiba (PR), Deltan Dallagnol, usavam a prisão provisória como tortura.“Hoje se sabe de maneira muito clara que usavam a prisão provisória como elemento de tortura. Isto aparece hoje nas declarações do site The Intercept, feitas por gente como Dallagnol e Moro”, declarou Às críticas de Gilmar Mendes beiram o ridículo. Além de usar informações obtidas de forma criminosa (hackeadas) que não possuem qualquer comprovação de autenticidade feita por autoridades públicas, o ministro faz deboche com o nome de Moro e Dallagnol, duas figuras extremamente respeitadas dentro e fora do Brasil pelo trabalho indiscutivelmente único feito através da Lava Jato.
Com ataques tão grotescos desse tipo, que está longe de ser o único, Gilmar Mendes vai enterrando a sua ética enquanto magistrado ocupante do maior cargo do poder judiciário no país. Pior ainda, o ministro vai deixando transparecer nas entrelinhas dos seus chiliques anti-Lava Jato algo pessoal, muito além da esfera jurídica, o que não é nada bom... para ele!
FONTE:https://www.opiniaocritica.com.br
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postagem em destaque

Governo comunista da China interrompe culto, agride fiéis e demole templo

Um templo cristão na província de Henan foi demolido pelas autoridades no último dia 12 de junho. Embora cenas como essa sejam corriqueir...

Atenção:

A Revista Esperancanews- não formula notícias, artigos ou vídeos, salvo quando os mesmos são citados como criação própria. Todas as nossas publicações são reproduções fiéis de sites de terceiros. Sendo assim, o conteúdo e/ou opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores, cujas informações estão contidas nos links da fonte, e não refletem, necessariamente, a opinião da Revista Esperancanews

Comentarios

Copyright © Esperança News | Suporte: Mais Template