A Revista Esperancanews- não formula notícias, artigos ou vídeos, salvo quando os mesmos são citados como criação própria. Todas as nossas publicações são reproduções fiéis de sites de terceiros. Sendo assim, o conteúdo e/ou opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores, cujas informações estão contidas nos links da fonte, e não refletem, necessariamente, a opinião da Revista Esperancanews

Pai e avô 'alugavam' crianças para serem violentadas por pedófilos

O PM reformado Pedro Chavarry é acusado de participar dos estupros (Foto: Reprodução)
Por cerca de três anos, duas crianças foram ‘agenciadas’ pelo próprio pai e pelo avô para serem estupradas por um grupo de pedófilos. O caso foi denunciado pelo Ministério Público do Rio de Janeiro, que aponta que os irmãos eram conduzidos com os olhos vendados e a boca coberta com fita adesiva a locais de encontro de apreciadores de carros antigos e duas casas abandonadas na Zona Norte do Rio de Janeiro, onde aconteciam os abusos.As investigações da Delegacia da Criança e Adolescente Vítima (DCAV) começaram quando uma das vítimas reconheceu o coronel reformado da Polícia Militar Pedro Chavarry Duarte, de 62 anos, condenado pelo estupro de uma criança de dois anos. Ao ver a notícia da prisão na televisão, a criança revelou que já havia sido estuprada pelo PM. Um parente, então, procurou a delegacia.
O DCAV apurou que os irmãos eram estuprados pelo pai e o avô dentro da casa da família, na residência do avô e no carro do pai. Depois, eles passaram a cobrar dinheiro para que outros homens abusassem das crianças. Segundo depoimentos de testemunhas, o avô filmava os estupros. As vítimas eram ameaçadas e apanhavam para que não contassem sobre os crimes, que aconteciam desde, pelo menos, 2016.
Exame de corpo de delito realizado no Instituto Médico Legal constatou que a criança que reconheceu Chavarry já não era mais virgem, e já havia sofrido agressões. Em 2016, o coronel foi flagrado em seu carro com uma menina de dois anos nua e com a calcinha revirada.
Ele já foi condenado pelo crime, mais ainda faz parte da Polícia Militar e em agosto recebeu um salário de R$ 34 mil brutos. Somente em abril dese ano a PM concluiu o processo disciplinar contra Chavarry e pediu a sua demissão. Agora, o desligamento do coronel depende de um Conselho de Justificação na Justiça.
No total, o MP estadual denunciou 11 homens por estupro de vulnerável. Nove deles já foram presos, e dois estão foragidos.
Share:

Nenhum comentário:

Comentarios

Postagem em destaque

Ministro do STF manda PF na casa de jornalista de direita numa clara tentativa de calar influenciadores digitais

Ministro do STF manda PF na casa de jornalista de direita numa clara tentativa de calar influenciadores digitais que, declaradamente, apo...

Postagens mais visitadas

SALA

https://msngr.com/xSUE5SwLOYgSU1ZU

Forafrica

Forafrica
Enterprise.

WEBRADIOESPERANÇA

SE QUISER OUVIR APETE OPALY

Estatísticas do Site

Ajude-nos a manter esse site

Ajude-nos a manter esse site
Obrigado pela sua colabortação ADM GERAL DA PAGINA SUA COLABRAÇÃO E IMPORTANTE $0,50 1,00

CURTIR NOSSA PAGINA

SIGA-ME

SIGA-ME

TWITTER

TWITTER

Pesquisar este blog

Compartilhe Nossa Pagina

Eu quero levar esperança!

Eu quero levar esperança!
Clik faça sua doação so clik na imagem

Seja um seguidor

Tradutor

Postagens mais visitadas

xat

" frameborder="0" style="width: 700px; height: 400px;">

chat

Arquivo do blog

Popular Posts

SEGUIR POR E-MAIL

Globo de Visitante

visitante

chat