PF apreendeu mais de R$ 748 mil na casa do secretário-adjunto de Saúde de Helder Barbalho De acordo com o relatório do MPF, o governo do Pará repassou à SKN R$ 25 milhões em contratos superfaturados em até 86%. ~ Esperança News

PF apreendeu mais de R$ 748 mil na casa do secretário-adjunto de Saúde de Helder Barbalho De acordo com o relatório do MPF, o governo do Pará repassou à SKN R$ 25 milhões em contratos superfaturados em até 86%.

PF apreendeu mais de R$ 748 mil na casa do secretário-adjunto de Saúde de Helder Barbalho
 O empresário André Felipe de Oliveira da Silva teve ajuda do secretário de Fazenda do Pará, René de Oliveira, e do auditor da Receita Federal Wilton dos Santos Teixeira, para manter de pé seu esquema de fraudes na compra de respiradores da China.
De acordo com o MPF, André de Oliveira recebeu do governador do Pará, Helder Barbalho (MDB), a promessa de que, se instalasse uma filial de sua empresa, a SKN, em Marabá, conseguiria isenção de ICMS.
No dia 29 de maio, dizem os investigadores, André Felipe recebeu do secretário de Fazenda, René de Oliveira, cópia do decreto que sairia no dia seguinte concedendo o desconto de ICMS a compras relacionadas ao combate à Covid-19.
O relatório das investigações afirma ainda que o empresário teve ajuda do auditor Wilton Teixeira sobre como fazer a ordem de compra dos respiradores sem ter problemas tributários. Teixeira, segundo as investigações, repassou a André Felipe, informações “aparentemente sigilosas” das bases de dados da Secretaria Especial da Receita, “mais especificamente do Siscomex/Mantra”.
Os três são investigados na Operação Para Bellum, capítulo paraense do Covidão, um conjunto de investigações sobre corrupção em contratos relacionados à pandemia de Coronoavírus.
De acordo com o relatório do MPF, o governo do Pará repassou à SKN R$ 25 milhões em contratos superfaturados em até 86%. O relatório é assinado pela subprocuradora-geral da República Lindôra Maria Araújo. A operação foi autorizada pelo ministro Francisco Falcão
Ainda segundo o Antagonista, a PF apreendeu, durante a Operação, mais de R$ 748 mil na casa do secretário-adjunto de Gestão Administrativa da Secretaria de Saúde do Pará, que é um dos ordenadores de despesas da compra investigada.
Fonte: O Antagonista
Share:

Nenhum comentário:

Postagem em Destaque

Incêndios: É falso que Bolsonaro não enviou militares ao Pantanal Publicação afirma que Forças Armadas não foram utilizadas para combater as chamas

  Militares estão atuando nos combates aos incêndios no Pantanal  Foto: EFE/Rogério Florentino Nos últimos dias, circulou, pelas redes socia...

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

DEIXE SEU COMENTARIOS

clima tempo

Blog Archive

SIGA-ME

SIGA-ME
SEJA UM SEGUIDOR

Fisiholistico

Forafrica

Forafrica
Enterprise.

Popular Posts

TWITTER

whatsapp

Postagens mais visitadas

Globo de visitas