Esperança News: Curiosidade
Mostrando postagens com marcador Curiosidade. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Curiosidade. Mostrar todas as postagens

Esse é um extraordinário exemplo a ser seguido.


Num ato incomum, abandonam TUDO o que com muito sacrifício levaram uma vida inteira para construir.
Sem se preocupar, elas voam para o novo lar, deixando o melhor que têm, seja para lá pra quem for.
O que é muito diferente de doar o que tem preço e nenhum valor ou ofertar para alguém pré estabelecido.
Esse é um extraordinário exemplo a ser seguido. Certamente chegará o dia em que cada um de nós iremos para o novo lar. E o que vamos deixar aqui nunca foi sobre "pra quem" será? Mas "O QUE" será!!?
Será que seremos só um porta retrato empoeirado num canto qualquer ou seremos uma saudade boa na lembrança daqueles que nos conheceram?
E quem não nos conheceu, ao ouvir falar de nós, será que vão pensar:
💭__ Como teria sido bom conhecê-lo (a)!
Será que (assim como as abelhas) mesmo depois que formos embora, vamos continuar influenciando a outros com a história linda que escrevemos?
O nosso nome estará entre aqueles que fizeram a diferença enquanto estiveram aqui? Ou será que toda nossa existência será só uma estatística? Repense..
HERANÇA é o que deixamos "para" alguém.
LEGADO é o que deixamos "em" alguém.
#cadaUMdáOqueTEM
#SEJAadiferença
Share:

Um pai orgulhoso posta: “Meu filho tem Autismo e se expressa através da pintura, e eis aqui algumas obras de arte dele.”


FONTE:https://cantinho.live/
Nas linhas que se sequem temos as lindas publicações de um pai super orgulhoso, como qualquer outro. Ele sente muita admiração por seu filho e divulga seu trabalho em suas redes sociais.“Tristan é meu filho de cinco anos que foi diagnosticado com um distúrbio do espectro do autismo aos três anos de idade. Apesar desse diagnóstico de mudança de vida, ele ainda é uma criança muito brincalhão.”
O pai conta que o incentivo para o menino aconteceu desde o dia que Tristan viu sua irmã mais velha pintando. “Um dia, Tristan viu sua irmã mais velha pintando. Depois de um tempo, ele mostrou grande interesse e perguntou a nós, seus pais, se ele também podia pintar algumas vezes. Eu me encontrei em uma situação um pouco embaraçosa porque não sabia o que responder ao meu amado filho, que está tendo dificuldades com as habilidades motoras finas.”
A grande ideia veio desse pai:” Então, tive a ideia de que Tristan podia pintar, mas de uma maneira e estilos diferentes. No dia seguinte, Tristan conseguiu seu primeiro conjunto de cores acrílicas e imediatamente começou a espirrar, pingar e pintar as fotos.”


“Depois que ele criou algumas pinturas, percebemos que elas eram únicas e bastante especiais. Decidimos criar um perfil no Instagram para mostrar seus trabalhos. Durante suas sessões de pintura, eu o gravo e, depois que ele termina, Tristan observa e analisa suas criações de volta com um grande sorriso no rosto.” Contou o pai do menino.
De acordo com seu pai a pintura serve como uma terapia e ainda ajuda no desenvolvimento da criança. Foi uma ideia perfeita para Tristan que revelou pinturas lindíssimas.





“Para Tristan, como uma criança autista, criar essas pinturas em seu próprio estilo e para nós apreciarmos é inestimável e acreditamos ser muito terapêutico para ele. Seus movimentos e ações quando ele se expressa e seus pensamentos através de sua arte são realmente bastante mágicos.”




Este artigo foi publicado originariamente no site- Tendencias , e foi reproduzido adaptado por equipe do blog cantinho.Este artigo foi publicado originariamente no site- Tendencias , e foi reproduzido adaptado por equipe do blog cantinho
Share:

NO SÉCULO 20, DITADORES FORAM INDICADOS AO PRÊMIO NOBEL DA PAZ Contraditório ou não, alguns dos mais sanguinários líderes políticos já foram cotados para receber o notório prêmio norueguês (Hitler: prêmio Nobel da Paz de 1939?!)

None

Adolf Hitler já foi indicado para o Prêmio Nobel da Paz, por mais incorreto que isso possa parecer. Às vésperas da Segunda Guerra Mundial, há cerca de 80 anos, o líder nazista foi considerado para concorrer ao prêmio — demonstrando como os critérios para tal escolha podem ser totalmente arbitrários.
A proposta foi feita pelo o deputado social-democrata sueco Erik Brandt, em janeiro de 1939, poucos meses antes da invasão alemã da Polônia. Brandt descreveu Hitler como “o Príncipe da Paz na Terra", elogiando-o do "brilhante amor pela paz no Terceiro Reich".
Ao final, o nome foi retirado das possibilidades, mas ainda permanece no registro de candidaturas ao Nobel da Paz.

"Há tantas pessoas que têm direito a propor um nome que não é difícil ser indicado", comentou Olav Njølstad, historiador e diretor do Instituto Nobel Norueguês. Ministros e parlamentares de todos os países, inúmeros professores universitários e membros ou ex-membros do comitê do prêmio podem sugerir nomes.
Como são milhares as pessoas capazes de propor uma indicação, pode-se observar como as personalidades indicadas às vezes são, no mínimo, contraditórias por se tratar de um prêmio sobre paz. Outros ditadores também foram sugeridos.
O político fascista Benito Mussolini foi indicado, em 1935, por pesquisadores da Alemanha e da França. Nomeação irônica ou não, o historiador Asle Sveen analisa que essa situação, como a de Hitler, "mostra o quão perigoso pode ser usar a ironia em um ambiente político acalorado".
Mas além dele, Stalin também foi cotado para concorrer o prêmio — duas vezes. Nos anos de 1945 e, depois, em 1948, alguma pessoa pareceu achar o líder soviético digno de concorrer ao Nobel da Paz.
Crédito: Wikimedia Commons
"Nem Hitler, Stalin nem Mussolini foram seriamente considerados para o Prêmio da Paz. O que mais me surpreende é que muitos ditadores ao redor do mundo se abstiveram de serem nomeados", analisa o historiador Geir Lundestad, que foi diretor do Instituto até 2014.
A organização norueguesa aceita todos os nomes, desde que as pessoas que tem direito à nomeação enviem as propostas até o prazo, normalmente no dia 31 de janeiro. Mas apenas algumas passam pelas análises da comissão, por isso nem Hitler, nem Stalin e Mussolini puderam ganhar o famoso prêmio.


fonte:
https://aventurasnahistoria.uol.com.br
Share:

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Comentarios do face

Blog Archive

SIGA-ME

SIGA-ME
SEJA UM SEGUIDOR

Fisiholistico

Forafrica

Forafrica
Enterprise.

Popular Posts

TWITTER

whatsapp

Postagens mais visitadas